Uma lista dos erros que destruíram o meu casamento.

Uma lista dos erros que destruíram o meu casamento.

broken-family

NO dia em que minha esposa  desabafou dizendo que já não me ama mais igual como me amava antes o meu mundo inteiro caiu por terra naquele momento. Eu comecei a pensar o que pode ter sido que eu fiz de errado nesses 17 anos passados que eu compartilhei minha vida, minhas metas eternas com minha esposa. …Não penso que ninguém quer falhar de propósito no casamento, mas inevitavelmente podemos nos dar conta um dia que fizemos muita coisa errada sem nos darmos conta.

Pensando nisso segue uma lista de coisas que eu reconheço que fiz errado, e é uma lista muito grande, então aqui vai a primeira parte. ( talvez eu acompanhe com a segunda parte depois) Eu me inspirei nessa lista depois de ler um artigo sobre o mesmo tema num outro blog escrito por Dan Pearce.  Como alguns dos erros dele são similares aos meus eu traduzi alguma coisa e fiz modificações  necessarias para personalizar de acordo com os erros que eu fiz durante minha vida de casado.
Espero não ser tarde ainda para os casais que chegarem a ler essa lista reconhecer que também podem fazer algo melhor para salvar o seu casamento. eu convido a todos para começar a trabalhar nos pontos em que pessoalmente podemos melhorar. Por um casamento melhor e uma felicidade eterna.

1.Nunca pare de segurar a mão dela

Quando eu sai pela primeira vez com a mulher que eu acabei me casando, Eu sempre, segurava ela pela mão. No Carro. Durante uma caminhada. Em refeições, no cinema. Não importava aonde. Com o tempo, eu parei. Eu criei desculpas do tipo minha mão estava suada pelo calor ou que eu não estava confortável em público. O Fato é, Eu parei de segurar na mão dela porque eu parei de fazer um esforço para estar mais perto da minha esposa. Nenhuma outra rasão.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO: Eu segurava a mão dela no carro, na caminhada, no cinema, Eu segurava a mão dela em toda parte, até mesmo, quando fosse um momento em que nós estivessemos em desentendimento.
BONUS! Quando nos damos as mãos no inverno, as mãos não esfriam. Fato.

2. Eu parei de tentar ficar atraente para ela

Obviamente quando eu estava conhecendo ela, Eu me apresentava mais atraente quanto possível sempre que me encontrava com ela. Meu cabelo bem cortado. Sempre perfumado.  Eu segurava meus peidos até que ela não estava perto. Por alguma razão, o casamento me fez sentir que eu poderia parar de fazer tudo isso. Eu me penteava, me colocava cheiroso, e bem vestido qualquer momento que nós saimos para algum lugar ou ia para algum lugar sozinho, mas raramente, ou quase nunca, me importava em me fazer atraente só pra ela.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO: Eu iria tentar melhor durante nossa vida juntos. Eu esperaria para peidar só quando eu estivesse no banheiro sempre que possível.
Eu ia tentar ser mais desejável para que ele então me desejasse.
BONUS! Quando voce tenta ficar mais atraente pra ela, o favor é retribuido.

3. Ficar apontando com frequencia os erros dela

Por alguma razão, em algum momento nessa jornada do casamento, eu terminei me sentido como se fosse meu dever apontar todas as fraquezas dela e onde melhorar. Eu tenho absoluta certeza que durante o namoro eu não fazia isso. Não, quando nós estavamos namorando eu sempre elogiei as qualidades dela, apenas contei pra ela o quão maravilhosa ela era, e não me importava com as pequenas imperfeições. Depois de nos casarmos então, ela algumas vezes não podia nem cozinhar um ovo sem eu apontando como ela podia ter feito melhor.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO:Eu não iria dizer nada sobre qualquer coisa que eu pensei que podia ter sido melhor.  Eu aprendi  bem tarde que existe mais do que um modo certo para a maioria das coisas, e que as imperfeições dos outros são muito lindas para apontar as falhas e tentar mudar.
BONUS! Quando voce fala pra ela o que ela faz de certo, ela vai te contar o que voce está fazendo certo. E ela também vai contar pras amigas dela. E pra familia dela, e para o dentista, e até estranhos na rua.

4. Não pare de cozinhar pra ela
Eu sabia como agradar uma garota, com certeza.  Tornar uma noite agradável, cozinhar uma boa refeição e ter uma noite romantica. Então porque será que, eu parei de fazer o que eu sabia depois de me casar com ela? Certamente que de vez em quando eu assava uma carne lá fora enquanto ela fazia todo o resto do trabalho, mas raramente ou não me lembro quando eu surpreendi ela preparando uma janta  diferente, ou até preparar um jantar romantico a luz de velas.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO:Eu faria uma priordade cozinhar para ela, e somente para ela também, alguma coisa muito diferente pelo menos uma vez por mes.  E lembrar de ajudar a lavar a louça.
BONUS! Jantar a luz de velas lidam com frequenca a “festinha” a luz de velas.

5. Não GRITE com sua esposa
Eu não me refiro a gritar quando se está bravo. Eu me refiro ao tipo de grito preguiçoso. O tipo de grito que  voce dá quando voce não quer se levantar da frente do seu show de televisão ou não quer CAMINHAR DE UMA SALA PRA OUTRA e perguntar se ela viu suas chaves. Na verdade não leva muito esforço para ir e procurar ela, e gritar soa por natureza exigente e autortário. Eu me lembro sempre que quando grito, eu pioro a situação. Ela parece ficar num estado de medo e fecha completamente a comunicação comigo.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO:Eu ia tentar falar mais suave quando eu  preciso de saber aonde alguma coisa  que eu mesmo perdi, e teria ambas gratidão e boas-maneiras quando eu preciso encontrar algo. Eu sempre odiei quando ela gritava comigo, então por que eu sempre achei que não fosse um problema gritar com ela?
BONUS! Se não estiver sempre gritando voce pode perceber coisas que ela faz para voce que não consegue perceber quando está sempre gritando.

6. Não chame ela por nomes.
Eu sempre senti que eu era do tipo que não chama nomes, mas eu não era. Eu posso nunca ter chamado ela de estupida, ou idiota, ou nenhum dos nomes que ela algumas vezes me chamou, mas eu sempre dizia que ela teimosa, ou que ela era impossível, ou que ela era tão dificil de lidar. Nomes são nomes, e chamar ela por nomes levantou mais  obstaculos na comunicação do que qualquer outra coisa.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO:  Qualquer momento que eu estiver no ponto em que eu queira chamar ela de nomes, eu ia procurar dar um tempo e voltar a falar mais tarde. Ou melhor ainda,Eu chamaria ela de nomes, mas seriam nomes do tipo “super sexy” ou “ deusa da minha vida.” Mesmo se fosse durante um momento tenso.
BONUS!  Ela vai te chamar de nomes nos melhores lugares, tipo no quarto.

7. Não ser mesquinho com o dinheiro
Por ser o principal provedor da casa, eu sempre fui tão mesquinho com o dinheiro.  Eu reclamava do custo do shampoo ou sobre pedir refrigerante nos restaurantes, ou que ela gastasse tanto dinheiro em coisas do tipo pedicure ou pintura de cabelos. Fala sério, Eu sempre tive tantas ou até mais coisas que eu desperdicei o dinheiro, e no final, o dinheiro foi gasto, e estavamos bem, e a unica coisa que minha reclamação trouxe foi estress pro nosso relacionamento. Apesar de eu trabalhar fora para prover pra familia, ela trabalha muito mais cuidando da casa e dos filhos,ela faz um fantisco trabalho com o pouco recurso que eu consigo trazer para casa.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO:Eu diria pra ela que eu confio que ela pode comprar o que seja que ela queira, sempre que ela sentisse que precisava disso.  E depois de dizer, eu mostraria que realmente confio nela.
BONUS! Algumas vezes ela vai fazer más decisões na hora de comprar, e para corrigir ela vai gastar em alguma coisa legal para voce.

8. Não discutir na frente das crianças
Nunca existiu nenhum argumento que foi tão importante ou urgente que nós não poderiamos esperar para discutir num momento que as crianças não estivessem perto. Eu não penso que precisa ser um cientista ou um super-psicologo para saber por que discutir em frente das crianças é perigoso e um modo egoísta de se resolver os problemas.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO:Eu não faria nunca, NUNCA, nem mesmo uma só vez discutir na frente das crianças, não importa quão grande ou pequeno fosse o problema. Eu ia criar uma palavra de codigo que significa, “NÃO, na presença das crianças.”
BONUS! Quando se espera para brigar, com frequência ambos reconhecem o quão estupido ou insignificante era o motivo da briga e acaba nunca acontecendo.

9. Não finja que não se importa se ela não faz exercicios
Eu sempre pensei que era amor dizer para minha esposa, “Eu não me importo se voce não se cuida de si mesma. Eu não me importo se voce não faz excercicio. Eu não me importo se voce deixa de se cuidar.” Mas eu estava mentindo, e era mentira quando ela disse o mesmo pra mim, porque a verdade é que, nós nos importamos e desejamos que nós sempre tivessemos dito para o outro como sexo e atração um pelo outro é importante e fazer alguma atividade fisica constante ajuda a ser mais saudável. Minha esposa faz exercicios todos os dias hoje sem eu precisar dizer nada, a única coisa é que eu recentemente percebi é que ela não está motivada para ficar mais atraente para mim…muito possível porque eu já não sou mais atraente para ela…
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO:Eu iria pedir a ela para me dizer que ela se importa. Eu ia pedir pra ela não parar de me motivar para ir pra academia. Eu ia pedir para ela me lembrar das minhas metas e me repetir que eu sou forte o suficiente para mante-las.
BONUS!  Excercicio nos dá endorfinas, Endorfinas nos fazem feliz, e pessoas felizes não se matam um ao outro.

10. Não cague com a porta aberta
Eu não sei porque,  mas em um certo ponto eu comecei a pensar que não tinha problema cagar com a porta do banheiro aberta, e ela também. Primeiro, é nojento. Segundo, tudo vira uma merda. Terceiro, não existe nenhum modo de fazer uma cagada e ao mesmo tempo ser atraente, o que significa que cada vez que ela me viu fazendo isso, ela, pelo menos de um modo pequeno, deve ter pensado que eu sou menos atraente.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO:Eu iria fechar a maldita porta e cagar em privado.
BONUS! Quando ela pensar no seu corpo nu, ela não vai ter a imagem de voce agaixado e grunindo.

11. Nunca pare de beija-la
E chegou num ponto que mais ou menos eu parei de beija-la. Normalmente foi porque as coisas ficaram estressadas e e havia tensão no nosso relacionamento, e então eu fiz ainda pior recusando de beijar ela. O que certamente lidava para fazer ela se sentir rejeitada. O que certamente, levava para varios argumentos.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO: Eu iria beija-la de manhã quando ela parece como as pessoas parecem de manhã. Eu beijaria ela a noite depois do longo dia que ela teve. Eu ia beija-la toda hora que eu sentisse que ela em segredo estava desejando um beijo.
BONUS! Ela se sente amada quando voce a beija.  Isso é bonus suficiente…

12. Não parar de se divertir juntos
Nem idade nem capacidade fisica deveriam importar. Casais nunca devem parar de procurar se divertir juntos, e eu realmente desejo que não tivesse feito tantas desculpas para não dar uma saida com ela pra fazer qualquer coisa. E eu já sou bem sabido a ponto de saber que quando a diversão e a parte social esta em falta, também fica em falta a abilidade de estar contente com um ao outro.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO:  Eu iria fazer e SEGUIR uma regra que nós nunca ficariamos em casa duas semanas em seguida.
BONUS: Estórias e memórias divertidas vem de fazermos saidas divertidas.

13. Não pressionar ela sempre

Fazendo pressão sobre qualquer coisa é sempre uma receita para ressentiemnto. Eu sempre senti pressão para trazer mais dinheiro pra casa. Eu sempre senti pressionado para não resbalar na minha religião. Eu muitas vezes senti pressão para me sentir sobre coisas de um certo modo quando eu sentia o oposto. Eu eu carregava ressentimento com frequencia. Olhando para trás, Eu posso pensar que eu da mesma forma que eu não gostava eu pressionei ela, então eu sei que eu também cometi um erro.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO:  Eu faria uma meta de celebrar os diferentes pontos de vista, opiniões, e modos que ela tinha de fazer as coisas. Eu iria procurar a beleza em direnciação, e não me sentir tão ameaçado.
BONUS! Felicidade autentica se torna uma possibilidade real. Do mesmo modo que autentica massagem nos pés.

14. Pare de rotular um ao outro com rotulos negativos.
Algumas vezes as frases mais faceis de se dizer no casamento começam com uma de tres coisas. Pode ser, “Voce deveria”, “Voce não é”, ou “Voce não fez”. Inevitavelmente depois de cada uma dessas frases parece que vem algo do tipo negativo. E desde quando rotulos negativos ajudam em alguma coisa? Eu tenho certeza de que eles nunca ajudaram minha esposa, ou mesmo eu. Ao contrario, eles parecem piorar  o que começou mau.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO: Eu iria aprender a parar a mim mesmo antes de dizer qualquer uma dessas frases, para então subistituir elas para rotulos mais positivos. Em vez de “voce deveria”, Eu diria “Voce é muito boa nisso…”, em vez de “Voce não é…” eu diria “Voce é…” Em vez de “voce não fez”, eu diria, “voce fez…” completanto a frase com algo mais positivo.
BONUS! As conquistas mais nobres são muito melhores quando voce não pensa que voce é um idiota!

15. Não deixe faltar nada que é importante para ela.

É muito fácil no casamento vetar tantas das coisas que ela gosta de fazer. Uma boa desculpa foi sempre dizer que podemos achar algo que ambos gostamos. É fraco. Sempre irá existir coisas que ela vai gostar que eu não gosto, e isto não é rasão para não apoiar o que ela faz. Algumas vezes a unica coisa que ela precisa saber é que eu estou aqui.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO: Eu iria em muito mais atividades que ela me convidasse. Eu iria participar ativamente e não procurar rasões porque eu faria diferente ou como poderia ser melhor ou mais divertido o modo que agente gasta o tempo.
BONUS! Vai em alguma atividade que ela sabe que voce não gosta muito e a gratidão vai ser mostrada mais tarde a noite.

16. Não se distancie emocionalmente depois de uma briga.
Eu raramente experimentei o poder de fazer as pazes com sexo porque qualquer momento que minha esposa era má para mim ou nós brigassemos, eu me distanciava completamente dela, as vezes por vários dias. A ponto de desligar a comunicação e evitar contato a qualquer custo. Isto dificulta arrumar a situação, e eventualmente depois de de muitas vezes eu explodia desnecessariamente.
SE EU PUDESSE FAZER TUDO DE NOVO: Eu permitira a mim mesmo comunicar minhas emoções e sentimentos com mais frequencia, Eu me certificar que ela sabia que eu ainda amo ela mesmo que nós tivessemos um grande desacordo.Certamente que é bom dar a cada um o seu espaço, mas nada que durasse dias.
BONUS! Fazer as pases com sexo! Pelo menos teoricamente.

Recentemente eu desisti de salvar o meu casamento, não porque eu não a amo mais, mas porque ela parou de se importar em tentar salvar o nosso casamento. Eu posso fazer muitas coisas, mas forçar alguem a me amar quando eu nem sou tão amável é além das minhas forças.
É importante também reconhecer que casamento é um trabalho em progresso, é um trabalho que nunca termina e que se não der certo na primeira vez, se tivermos sabedoria para mudar podemos acertar eventualemente. Não posso dizer com certeza como será daqui pra frente o meu caso porque não depende somente de mim, mas espero com esse artigo que possa motivar outro casal a tentar salvar o casamento deles e continuar trabalhando positivamente para seguirem se amando. Espero que voces encontrem motivação e esperança para resolverem suas diferenças, que a minha lista de erros seja de exemplo para voces trabalharem e lembre-se que resolver os problemas é a unica solução que traz felicidade na sua plenitude, enquanto fugir dos problemas também podem lidar para alguma felicidade é um processo muito mais difcil e doloroso para todos da familia.

10 thoughts on “Uma lista dos erros que destruíram o meu casamento.

  1. Puxa Marcos, voce conseguiu traduzir o que chateia uma mulher e pode ate destruir um casamento. Falo por experiencia propria, pois meu casamento chegou ao fim depois de 33 anos e muitas das coisas que voce citou foram os fatores que acabaram com o amor que eu tinho pelo meu marido. Parabens Marcos, acho que esse seu texto podera ajudar muitos maridos a reconhecerem e mudar suas atitudes!

  2. Marcos,
    Muitos homens pensam que estão fazendo o maior sucesso com a esposa, quando de repente a esposa fala que não os amam mais… Vi muitos casos desses acontecerem, infelizmente. Esse artigo que você escreveu resume bem os motivos do por que o amor das esposas “esfriam” ou acabam totalmente (existem outros motivos, mas esses que você postou são suficientes para os maridos “acordarem”).
    Um casamento feliz (e eventualmente eterno) não acontece por acaso, mas se o marido pensar em primeiro lugar na felicidade da esposa e vice versa, as probabilidades de dar certo são grandes. A maioria dos casamentos passam por crises, algumas pequenas ou mesmo grandes- que se resolvem; outros passam por crises que infelizmente terminam em divórcio.
    Espero que o seu casamento possa voltar a ser como era no começo, se realmente essa for a sua vontade e a de sua esposa. Com certeza essa deve ser a vontade dos seus filhos, isto é, a de que vocês fiquem juntos. Que vocês possam encontrar um meio de reacender a chama do amor que um dia brilhou e esquentou suas almas.
    Abraços!

    Luiz Polito

  3. Marco,

    Estou surpresa e triste, achei que tinhas um casamento bem equilibrado em todos os sentidos, porém por outro lado a convivência é difícil mesmo ,é um dos nossos maiores desafios por que todos os dias somos provados e temos que ter paciência e retribuir com esperança em outro dia melhor, eu digo isto por experiência própria, um casamento feliz é quase uma utopia, pois teria que ser perfeito e não existe isso!
    Acredito no casamento trabalhado,isto é,diariamente colocando nosso tijolinho para uma grande obra!
    Desejo que supere todos os seus desafios e enfrente seu gigantes, com certeza tudo voltará como era antes.

    Com Carinho

    Simone Macaggi

  4. Por favor, não desista de seu casamento! Assista o filme Prova de Fogo, e tente fazer o desafio um dia por vez! Vai dar certo se vc fizer sua parte! Nunca e tarde demais!

  5. Marco, mostra esse artigo a um amigo seu (hahaha) e pergunta se ele reconhece alguma coisa😉
    E sinto muito, amigo, sinto muito mesmo!😦

  6. Nossa, eu ainda não tinha lido este texto, Marco!

    Acho que fora soltar pum na frente dela e evacuar de porta aberta (eu não deixaria de gostar do meu marido por isso), realmente as outras coisas são importantes! A última tem um peso impressionante no casamento.

    Tu podes ter errado, e ela deve ter errado também. O importante é reconhecer os erros e tentar mudar. Te admiro pela coragem de admitir tuas falhas publicamente. Isso mostra que tu tens caráter e coragem.

    Desejo que essa história tenha um final feliz. Eu acredito em mudanças, acredito também em milagres. Um abraço, amigo!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s